Matrimônio

matrimônio

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA O PROCESSO MATRIMONIAL:

* RG (Original) e uma cópia  ( Noivo e Noiva )

* Certidão  de Batismo atualizada do noivo e da noiva  ( atualizar na Paróquia que foi batizado)

* Comprovante da Preparação dos Noivos, com validade de 6 (seis) meses

* Comprovante de Residência (Noivo e Noiva)

 

Sacramento do Matrimônio

O Matrimônio foi instituído por Deus quando criou o homem e a mulher. Para os cristãos, Jesus Cristo o elevou à dignidade de sacramento; um sacramento que dá aos esposos uma graça especial para serem fiéis um ao outro e santificar-se na vida matrimonial e familiar, já que o matrimônio cristão é uma autêntica vocação sobrenatural.

O matrimônio religioso é estabelecido com o consentimento livre de cada um dos dois contraentes manifestado ao representante da igreja.

O Matrimônio por sua natureza está ordenado à geração e à educação dos filhos, ao amor e ajuda entre os esposos e a sua santificação pessoal.

O que é o Matrimônio?

O Matrimônio é o sacramento que santifica a união indissolúvel entre um homem e uma mulher cristão, e concede-lhe a graça para cumprir fielmente seus deveres de esposos de pais.

Quais são as propriedades essenciais do Matrimônio?

As propriedades essenciais do Matrimônio são: unidade, indissolubilidade e abertura à fecundidade.

Que pecado comete o cristão que, vivendo seu consorte, une-se a outra pessoa?

Comete o grave pecado de adultério.

Cometem pecado os conviventes e os unidos apenas no matrimônio civil?

Os conviventes e os unidos apenas no matrimônio civil encontram-se em permanente estado de pecado e não podem receber os sacramentos.

Qual é a idade mínima para se casar?

Na maioria das nações, a idade mínima para se casar é de 18 anos. Em qualquer caso, requer-se uma permissão da autoridade eclesiástica para fazê-lo antes da idade mínima estabelecida.

Como o sacramento do matrimônio deve ser recebido ?

O sacramento do matrimônio deve ser recebido em estado de graça e com a devida preparação; por isso recomenda-se que os contraentes se confessem antes.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *